Tuesday, 16 December 2014

Dança das Cadeiras no FC St. Pauli

A manhã foi de novidades.

O diretor de esportes, Rachid Azzouzi, foi demitido. Thomas Meggle, atual treinador, subiu para o posto de diretor de esportes. Um novo treinador veio para o clube e seu nome Ewald Lienen. Ufa! Isso tudo hoje! Ah, sem esquecer que Timo Schultz saiu (da posição de assistente técnico) e em seu lugar assumiu Abder Ramdane, que já trabalhou com Ewald.



Segundo o presidente, Oke Göttlich, após uma reunião, algumas análises da atual situação do clube e as perspectivas de futuro, chegaram a conclusão que Azzouzi não seria a pessoa mais indicada para continuar como diretor de esportes. A escolha de Meggle para o cargo veio da confiança na sua experiência dentro e fora de campo, do seu trabalho como jogador profissional e na parte técnica. Ou seja, ele conhece o clube e todo o ambiente de vários ângulos. Tem know-how pra isso.

A escolha do novo técnico partiu de um consenso entre o conselho e o Thomas Meggle. Segundo o presidente do St. Pauli, Ewald Lienen está bem preparado e tem experiência suficiente para trabalhar com o time e lutar para nos tirar dessa situação. Trabalhou com times da primeira e da segunda divisão. O treinador de 61 anos já assumiu a posição e começou a treinar com a equipe para o jogo de amanhã, contra o FC Ingolstadt (primeiro colocado na tabela). Seu contrato vai até o final da temporada 2015/2016.


O time não vem apresentando bom desempenho desde a temporada passada e nessa está indo ladeira abaixo. Alguma coisa precisava ser feita. Desde a saída de Stani, foram várias trocas de técnico e nada mudava, esse é o 5º. Se com mudança de técnico nada acontecia, a parte estratégica precisava de mudanças também.

Não sabemos o que vai ser daqui pra frente. Se vai melhorar ou se vai piorar. Não tivemos muitos novos jogadores, saíram mais do que entrou, o time não está entrosado, não tem paixão pra jogar. Nossos meninos estão visivelmente desanimados e poucos mostram alguma vontade em campo, como é o caso de Rzatkowski e nosso Sankt Tschauner.

Outra coisa que precisa ser trabalhada com urgência é a nossa defesa. Esse problema não é de agora, já vem de tempos, mas parece que não prestam muito a atenção. Hello Mr Ewald, would you mind to work a bit harder with our defense? Thanks!

A torcida é conhecida por apoiar o time para o que der e vier, mas até a torcida está começando a resmungar e pedir por mudanças. Uma delas foi a contratação de Deniz Naki, ex-jogador do time, que saiu em 2012. Época na qual Azzouzi assumia. A saída de Naki sempre ficou meio estranha e seu retorno para o clube sempre foi tratado como menor importância pelo próprio.



Ok que o jogador pode não ser a solução dos nossos problemas, mas não temos dúvidas que ele traria mais paixão pro nosso campo e também duvido que isso não influenciaria os outros jogadores. Um jogador sozinho não faz um time, mas ele pode ajudar a formar uma equipe e é isso que estamos precisando, de um time.

Não sei se o time pensa em trazê-lo de volta. Mas ontem estávamos totalmente sem esperanças de um retorno de Naki ao time, por conta de uma declaração que ele fez em sua página onde dizia que ‘barraram’ seu retorno. Será que agora, com a mudança, podemos voltar a ter alguma esperança dele voltar ao clube? Não sei! Quem sabe!



Vamos acompanhar o desenrolar dessa nova equipe técnica e desejar que eles façam um excelente trabalho e nos tirem do buraco da zona de rebaixamento. Não estou afim de acompanhar os jogos apenas pelo Liveticker.

Amanhã já tem jogo e com estréia de técnico novo, contra o FC Ingolstadt, as 17:30 no horário de lá e as 14:30 daqui. Horário meio ruim, mas vamos torcer para os nossos meninos se saírem bem.

Forza St. Pauli!!!!



1 comments :

Não esta fácil realmente. Ontem não deu mais uma vez, que possamos ver o elenco responder nas rodadas que vão se seguir

Post a Comment